Geleiras

O planeta é coberto por dez por cento de gelo, a mesma porcentagem utilizada pela agricultura. Geleiras e gelo polar contem mais água que todos os rios, lagos, e atmosfera terrestre combinados. As geleiras são formadas quando o acúmulo de neve é maior do que o seu derretimento. Os flocos de neve são comprimidos, virando granulos de gelo. Estes, sob a força da gravidade viram gelo compacto. Este gelo, com seu próprio peso, desce em direção ao mar, e sob a ação da maré e da força da gravidade despenca espetacularmente sobre o mar. Assim são formados icebergs, que podem durar mais de uma semana. Icebergs eram um risco para nossos caiaques. Com noventa por cento de sua área submersa, podem rachar e virar a qualquer momento. As cores variam do branco (icebergs com bolhas de ar), azul (gelo mais denso), verde bem escuro (gelo da parte inferior da geleira), até icebergs quase negros (carregando pedras e terra do fundo da geleira). O risco para os caiaques é grande. Blocos de gelo do tamanho de prédios despencam a qualquer hora e inesperadamente, formando ondas que podem virar os caiaques e inundar áreas expostas. As marés transformam a paisagem diariamente, decorando com icebergs e gelo a costa recortada da baía.